Header Ads

Bens de Ricardo Coutinho crescem quase 150% em seis anos



O ex-governador e candidato a prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), apontado pelas investigações da Operação Calvário como chefe de um esquema criminoso de corrupção na Paraíba, apresentou junto à Justiça Eleitoral bens que equivalem R$ 3.508.918,71, conforme site de divulgação das candidaturas e contas eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O valor dos bens apresentado por Ricardo este ano cresceram em 149,6% se comparado com o que foi apresentado pelo socialista nas eleições de 2014, no valor de R$ 1.405.603,81.

Entre os bens declarados esse ano, o ex-governador incluiu uma casa no sítio no valor de R$ 150.000,00; uma casa de R$ 1.767.000,00; um terreno de R$ 120.000,00; aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) de R$ 66.405,90; um sítio em Bananeiras de R$ 7.347,60; Capital na empresa RC Consultoria Eireli de R$ 100.000,00; dinheiro em espécie – moeda nacional no valor de R$ 100.000,00; previdência privada em R$ 786.713,43; um carro de R$ 61.451,78; e mais uma casa de R$ 350.000,00.

No pedido de registro da candidatura a prefeito de João Pessoa, a chapa de Ricardo Coutinho é composta por Antônio Barbosa Filho do Partido dos Trabalhadores (PT). O candidato a vice-prefeito declarou bens que chegam a R$ 153.000,00 entre aplicações financeiras e uma casa.

Até o momento 10 candidaturas solicitaram registro junto à Justiça Eleitoral. Entre os pedidos estão os de Anísio Maia, João Almeida, Nilvan Ferreira, Pablo Honorato, Rafael Freire, Rama Dantas, Raoni Mendes, Ricardo Coutinho, Ruy Carneiro e Wallber Virgolino.



tanaarea

Nenhum comentário