Header Ads

Músico é denunciado após arrecadar R$ 23 mil para combater câncer que não existia


Um grupo de artistas e produtores culturais da Paraíba que apoiaram um músico em uma campanha de financiamento coletivo para custear o tratamento de um suposto câncer, denunciaram o artista à Polícia Civil por suspeita de estelionato. Segundo os artistas, Matheus Brisa foi diagnosticado com pangastrite e estaria usando o dinheiro arrecadado – R$ 23 mil – para outros fins.

Matheus Brisa abriu uma campanha de financiamento, em abril deste ano, informando que havia sido diagnosticado com linfoma de Hodgkin e que precisava do dinheiro para poder custear o tratamento. A meta era arrecadar R$ 15 mil e o músico conseguiu mais de R$ 23,6 mil, além de doações que foram feitas para a conta pessoal do artista.

Uma das pessoas que efetuou a denúncia, informou ao G1 que havia contribuído com a campanha, mas quando procurou saber sobre o tratamento se surpreendeu ao descobrir que o diagnóstico não era de câncer e que o artista havia parado de divulgar as informações sobre o tratamento e bloqueado várias pessoas que ajudaram na campanha. Também soube que ele comprou moto, celular e que vem realizando lives e produções de audiovisual que exigem investimento.

O músico informou, ontem (2), que não agiu de má fé e pediu desculpas por ter feito a vaquinha.

“Admito que agi de forma precipitada, mas como eu estava mal, pedi ajuda como qualquer um pediria. Usei este dinheiro para pagar vários exames para ter a confirmação e graças à Deus eu descobri que não estava com câncer, mas com outra doença grave. Por isso apaguei o vídeo original e postei outro falando sobre o que aconteceu. Eu quero entregar este dinheiro que não estou usando”, disse o músico ao G1.



G1

Nenhum comentário