Header Ads

Dólar opera em queda e está abaixo de R$ 5 nesta sexta

Na tarde desta sexta-feira (05), a moeda norte-americana caía 3,07%, a R$ 4,9720. É a menor cotação intradia desde 16 de março (R$ 4,8802). O dólar está caminhando para fechar a terceira semana consecutiva de recuos em meio a um cenário externo mais otimista, embora tensões políticas locais continuassem no radar dos investidores.

Na véspera, o dólar fechou em alta de 0,73%, a R$ 5,1297. Na parcial da semana e do mês, porém, ainda acumula queda de 3,87%. Em 2020, a moeda ainda tem alta de 27,93%.

O Banco Central ofertará nesta sexta-feira até 12 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem, com os vencimentos divididos entre setembro de 2020 e fevereiro de 2021, destaca a Reuters.

No exterior, permanece o viés mais positivo nos mercados à medida que os investidores se concentram em sinais iniciais de uma recuperação econômica pós-coronavírus expectativas de que o alívio das restrições retomará a atividade empresarial.

Conforme o G1, a taxa de desemprego nos Estados Unidos surpreendeu e recuo em maio, após atingir no mês anterior o maior patamar pós-Segunda Guerra Mundial. O indicador, que havia alcançado 14,7% em abril, ficou em 13,3% no mês passado, segundo dados do Departamento do Trabalho divulgados nesta sexta-feira.

Participantes do mercado disseram que a leitura foi muito melhor do que a esperada, sinal de que o pior da crise econômica do coronavírus pode já ter passado.


G1

Nenhum comentário