Header Ads

CMCG

Termina hoje prazo para pagamento do IPTU 2019 em cota única e desconto de 15%



Termina nesta sexta-feira, dia 15 de março, o prazo para o contribuinte de Campina Grande efetuar o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2019 em cota única e com desconto de 15%. O prazo original havia se encerrado no dia 28 de fevereiro, mas por decisão do prefeito Romero Rodrigues foi prorrogado para este dia 15, o que representa mais um estímulo para os que almejam pagar em dia e aproveitar o desconto oferecido pelo governo municipal.

Conforme a Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), o pagamento da primeira parcela do IPTU também foi contemplado com este novo prazo. Tal medida acontece  em função de alguns entraves no processo terceirizado de entrega e distribuição de carnês do IPTU este ano.

De acordo com o secretário executivo das Finanças (Sefin), Felipe Gadelha, até o dia 28 de fevereiro, o município arrecadou quase R$ 18 milhões com o IPTU, mas a expectativa é de que até o final de ano esta arrecadação chegue a R$ 35 milhões. Foram enviados 135 mil carnês neste ano.

O pagamento do imposto tem como meta, conforme explicou, o custeio de obras de infraestrutura na cidade, a exemplo da pavimentação de ruas, além de outras ações consideradas fundamentais para a melhoria das condições de mobilidade urbana. Ao longo da atual gestão, iniciada em 2013, centenas de ruas já foram pavimentadas, sendo atendidas demandas de moradores de todas as áreas da cidade.

E como fica a situação de quem ainda não recebeu o carnê? Quem ainda não recebeu o carnê poderá entrar no site da Prefeitura (campinagrande.pb.gov.br) para fazer a impressão do documento ou mesmo comparecer à Secretaria de Finanças, localizada na avenida Floriano Peixoto, no centro.

Para o pagamento do IPTU a Prefeitura Municipal firmou convênio com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Contudo, a Sefin alerta para o fato de os contribuintes inadimplentes serão negativados (Cartórios e SPC). Para tanto, a Procuradoria do Município vai executá-los junto ao Poder Judiciário.

Nenhum comentário