Header Ads

CMCG

CSP não deve ter vida fácil no Campeonato Paraibano de 2019


Um time que passou três temporadas para subir, mas já vai para a décima participação na Primeira Divisão do futebol paraibano. Este é pouco do histórico do CSP que agora almeja uma vaga no Campeonato Brasileiro.

Mas, o Tigre não terá vida fácil, pois vai encarar o certame estadual que promete ser um dos mais difíceis dos últimos anos. Criado como uma extensão educacional da Universidade Federal da Paraíba, pelo professor Severino Ferreira, o CSP se tornou uma das agremiações tradicionais do futebol paraibano nas últimas duas décadas. Nas temporadas de 2007, 2008, 2009 e 2010, o time disputou a Segunda Divisão e conseguiu subir, para da Primeira Divisão de 2011.

Já são nove ano como integrante da elite do futebol paraibano e em 2019 completa uma década na principal competição do Estado. Mas, segundo seu presidente Josivaldo Alves, tem se pautado em trabalhar para se manter na Primeira Divisão, mantendo muitos jogadores da base.

O CSP resolveu recrutar alguns jogadores que já se destacaram no time em época passadas, entre eles os atacantes Lúcio Curió, Carioca e Leo Cabeludo. Além do meia Leandro Santos e os laterais Igor e Fábio. O presidente Josivaldo Alves ainda está tentando trazer o volante Senegal que está no Sport Recife. Agora, o CSP tem outras metas para alcançar, de acordo com o dirigente.

Nenhum comentário