Header Ads

CMCG

Deputado eleito diz que Brasil foi tomado por uma “gigantesca viadagem”



O delegado Walber Virgulino (Patriotas), eleito deputado estadual, concedeu entrevista ao Jornal da 101 FM onde agradeceu o apoio e os votos recebidos, apontou ideias para o mandato, seu compromisso com a segurança da Paraíba e disse que vai acabar com a “viadagem” se referindo a desordem. Ele garantiu que “a partir de janeiro nem um policial não vai sofrer mais”.

“A segurança tem pessoas sérias, o Brasil foi tomado por uma gigantesca viadagem. Quando falo viadagem, não é homofobia, não, porque eu tenho muitos amigos homossexuais, amigos sérios, homens de bem. O que eu estou me referindo não é a sexualidade, mas a esculhambação em que o Brasil se encontrou. O povo quer de um candidato seriedade. Estou dentro da política pra provar que política não é sacerdócio, você se torna político, e que política é coisa séria. Não quero ser chamado de deputado, mas de delegado”, disse Virgulino.

O delegado é aliado de Jair Bolsonaro (PSL) e acredita que a insegurança foi um dos pontos preponderantes para sua eleição, além do “fruto de 13 anos de trabalho na polícia sem corrupção”. Ele disse que não fica em cima de muro e terá um gabinete aberto à população.

Virgulino não poupou críticas ao grupo adversário no âmbito nacional.

“Hoje tem um presidiário comandando a política de dentro do presídio, que é Lula. Um cara que diz que salvou a pátria e está lá dentro condenado com um bocado de provas, e um bocado de imbecil aqui fora achando que ele vai salvar o país. É o momento da seriedade, é o momento dos homens de bem do Brasil. O povo tem em mim uma pessoa de bem que vai defender os interesses dela”, afirmou.

Virgulino obteve 47 mil votos no Estado.

ParaíbaTodoDia

Nenhum comentário