Header Ads

CMCG

Micheline participa de debate e defende políticas e ações para o interior da Paraíba


A médica Micheline Rodrigues, candidata a vice-governadora na chapa de Lucélio Cartaxo, participou na noite de segunda-feira, 27, do primeiro debate entre os candidatos a vice da Paraíba, realizado por uma emissora de TV por assinatura de João Pessoa.

Ao longo de mais de três horas de debate, Micheline utilizou todas as suas participações para defender uma maior participação do Estado no interior da Paraíba, através de propostas para a saúde, educação, segurança pública, desenvolvimento rural, geração de emprego e renda e segurança hídrica, entre outros temas.

Na Saúde, a médica, que atua há 20 anos no SUS, denunciou os diversos vazios assistenciais existentes hoje na Paraíba e defendeu a construção do hospital de emergência e trauma do sertão, a descentralização da rede de obstetrícia e maternidades para todas as regiões do estado e o cumprimento da responsabilidade do Estado na partilha dos custos com a saúde.

Atualmente, só com Campina Grande a dívida do governo estadual ultrapassa os 15 milhões de reais.

Na Educação, Micheline apontou que o atual governo fechou quase 40% das escolas estaduais nos últimos oito anos, aumentando o número de crianças e jovens fora da escola e diminuindo desastrosamente os índices de aproveitamento escolar. A candidata defendeu a implantação do ensino integral e das escolas bilíngue em todo o estado, com a real estruturação das escolas para alunos e trabalhadores e não apenas com a pintura das fachadas e a maquiagem dos ambientes internos.

A candidata da coligação Força da Esperança ainda levantou temas como a insegurança, que tem obrigado comerciantes de várias cidades a instalar grades em seus estabelecimentos e criado um território livre para assaltos nas ruas e roubos a bancos, provocando, inclusive, crise econômica nas cidades atingidas, já que os moradores saem da própria cidade para receber dinheiro e terminam fazendo suas compras nas cidades vizinhas.

Para o desenvolvimento rural, Micheline apontou a necessidade de criar políticas e ações que façam o homem do campo permanecer na sua terra, sendo atendido por melhores estradas e serviços de saúde, educação e segurança. Ela abordou casos como o da bacia leiteira do Cariri, que deixou de receber a atenção do atual governo e, já na área de segurança hídrica, defendeu a construção de açudes e cisternas nas regiões mais áridas e a construção do ramal Piancó para levar a água da transposição para os municípios do Vale do Piancó.

Em suas considerações finais, Micheline Rodrigues lembrou aos telespectadores sobre a importância de votar nas próximas eleições, ressaltando que é o eleitor o dono do seu destino e que sua escolha define o futuro da Paraíba.

Ela finalizou defendendo o voto para governador no número 43, enaltecendo em Lucélio Cartaxo as características de ser um homem sensível, aberto ao diálogo e disposto a reunificar a Paraíba em torno de um projeto de governo que leve em consideração as necessidades e potencialidades de todas as regiões do estado e não apenas a política pequena, feita para beneficiar as vontades do governante e atender apenas aqueles que se dobrarem aos seus interesses políticos, como ocorre atualmente.

Até o final da campanha Micheline participará de uma extensa agenda de entrevistas, debates e eventos de campanha, ao mesmo tempo em que trabalha nos bastidores, coordenando as atividades da coligação na região de Campina Grande e alinhando com especialistas de diversas áreas os pontos principais do Plano de Governo, para que seja feita a implantação imediata das propostas e ações assim que tiver início o próximo governo.
 


Nenhum comentário