Header Ads

CMCG

Maranhão tenta recomposição política com os Motta em Patos


O senador José Maranhão, pré-candidato ao governo do Estado pelo MDB, esteve em Patos, ontem, mantendo contatos com lideranças políticas. Nos bastidores,surgiram versões sobre articulações do parlamentar para a recomposição política com os Motta, mais precisamente com o deputado federal Hugo Motta e o deputado estadual Nabor Wanderley, que migraram para o PRB. O périplo de Maranhão pelo interior do Estado foi deflagrado quinta-feira em Pombal, onde ele esteve reunido com o prefeito Abmael de Sousa Lacerda, o “Doutor Verissinho”.
A agenda de Maranhão para hoje sinaliza contatos políticos em Sumé e Congo, no cariri, e amanhã em Natuba e Gurjão. O pré-candidato emedebista voltou a defender como uma das propostas de sua campanha a implantação de um porto de águas profundas, reiterando o argumento de que o porto de Cabedelo é muito raso e incompatível com o calado de navios que podem aportar na Paraíba. Esse projeto foi muito comentado no governo anterior de Maranhão mas não saiu do papel. O senador também defende o retorno de incentivos fiscais como forma de atrair indústrias a se fixarem na Paraíba, bem como a revitalização das que já se encontram em funcionamento, como forma de gerar empregos.
José Maranhão recordou que quando governou o Estado gerou mais de 1.200 empregos diretos, somente por meio da política de incentivos fiscais para atração de empreendimentos industriais e de apoio às vocações regionais. Por outro lado, a vice-governadora Lígia Feliciano, pré-candidata ao governo pelo PDT, também anuncia visita às bases neste final de semana. Hoje, ela participa de uma série de reuniões em Campina Grande, seguindo para municípios do cariri e do brejo. Segundo Lígia, o momento é de aguardar as definições em nível nacional. E enquanto elas não ocorrem, procura dar prosseguimento ao diálogo com as bases e com partidos que possam marchar juntos com o PDT na disputa eleitoral.


OsGuedes

Nenhum comentário