Header Ads

CMCG

Presidente do Sindicato dos Combustíveis fala sobre redução de preço em João Pessoa



O presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do interior da Paraíba, Bruno Agra, se pronunciou  sobre a redução de 0,24 centavos no valor do litro do combustível em João Pessoa.

Em entrevista a Rádio Campina FM, Bruno observou que o mercado de João Pessoa é o mais barato do Brasil, e disse que a redução do preço praticamente tirou o lucro dos empresários do setor.
– Eu gostaria, realmente, de saber porque um valor desse de R$ 0,24 centavos. É muito alto e é praticamente o lucro do revendedor no interior do Estado. Mas, o que houve para todas as revendas do estado da Paraíba foi o aumento do preço nos tributos, o que não geraria uma redução de valores, e sim de aumento. O mercado de João Pessoa é o mais barato do Brasil há vários anos. Campina Grande é também um dos municípios que vende combustível mais barato do Brasil, isso vale para gasolina e para óleo diesel – disse.
, Bruno Agra falou também sobre a possibilidade de ocorrer diminuição no valor do combustível em Campina Grande.
– O interesse do revendedor não é vender caro, todos estão conscientes de que vender caro é a pior opção. Infelizmente, não é a revenda que faz esse valor que está estampado na placa. O lucro do revendedor gira em torno de 0,30 centavos e não é o revendedor quem dita estes aumentos ou diminuições. Quem dita são os tributos, o aumento da refinaria que seria a Petrobras. Esses realmente são os que compõem os 60% do valor que está estampado na placa. Digo que, até então, eu não vi nem por parte da refinaria e nem por parte da distribuidora sinalizar no sentido de reduzir- comentou.

Nenhum comentário