Campina cria 1.344 novos empregos no mês de outubro, segundo o Caged

 


O saldo é quase igual ao que obteve a Paraíba durante o mesmo mês 

Campina Grande, mais uma vez, apresentou um saldo na criação de empregos no mês de outubro, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem, (26), pelo Ministério da Economia.   

De acordo com os levantamentos, Campina Grande gerou em outubro 3.137 empregos com carteira assinada, enquanto que teve registradas 1.793 demissões, resultando num saldo positivo de 1.344 de novos postos de trabalho, em percentual bem elevado na região, dentre os estados que foram superavitário  nesse aspecto. 

No mesmo mês, a Paraíba criou 13 mil novos empregos, com 11. 563, tendo um saldo de 1.437 postos de trabalho com carteira assinada, praticamente, quase o saldo de Campina Grande, sozinha. Ou seja, do saldo do estado de 1.437 novos empregos, 1.344 fora novos postos de trabalho abertos em Campina em outubro.

Os resultados favoráveis, que já vinham se repetindo em meses anteriores, indicam a recuperação de Campina da crise provocada pela pandemia, fruto das políticas de incentivos do prefeito Romero Rodrigues, bem como, da forma racional com que vem permitindo as atividades econômicas no município. 

Nenhum comentário