Header Ads

POLÍTICA PÚBLICA: Bruno planeja implantar até abril de 2021 o Centro da Mulher de Campina Grande

 



Unidade será construída no Complexo Pedro I e ajudará a desafogar demandas ao ISEA

Tendo com meta prioritária investir na área da saúde, o candidato a prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD/Coligação Campina Rumo ao Futuro), revelou em seu Guia Eleitoral da TV nesta quarta-feira, 29 de outubro, que pretende implantar, caso seja eleito, até abril de 2021, a Casa da Mulher no Hospital Pedro I.

No local, as mulheres contarão com especialidades básicas, como ginecologista, mastologista e endrocrinologista. Também serão aproveitados os centros cirúrgicos do Hospital Pedro I para fazer pequenas cirurgias, biopsia de mama e a prevenção do câncer de útero.

O novo centro vai desafogar muito o Isea, principal centro de referência da saúde da mulher para Campina Grande e mais de 180 municípios do Estado.

Outra ação será a construção de uma maternidade de baixo risco para desafogar o atual Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea).

A meta de Bruno é permitir um atendimento melhor às mães e às crianças que nascem em Campina Grande.

Ele disse que pretende construir uma Central de Partos que vai ficar no prédio do atual Hospital da Criança. Este centro vai realizar até 120 partos por mês, representando cerca de 20% dos partos do atual Isea.

A iniciativa vai ajudar a liberar o Isea para os partos de alto risco, aproveitando-se a estrutura que já existe no local, que conta com UTI Materna e UTI neonatal, centros cirúrgicos e ambulatórios.

Nenhum comentário