Header Ads

O Plano B do PSD de CG, caso o PP pule fora

 



Membros do PSD de Campina Grande já estão articulando nos bastidores um plano B para substituir o Progressistas na chapa majoritária em Campina Grande após especulações darem conta de um ‘acordão’ envolvendo MDB, PSDB e PSD nas duas principais cidade da Paraíba.


Em entrevista a uma emissora de rádio em Campina Grande, o deputado estadual Manoel Ludgério, do PSD, que declinou da postulação majoritária para abrir espaço para o ex-deputado Bruno Cunha Lima, propôs ao grupo liderado pelo prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, que o nome do médico Dalton Gadelha também seja avaliado para compor a vaga de vice-prefeito na chapa majoritária com o pré-candidato do PSD Bruno Cunha Lima.


“Dr. Dalton é um grande nome que deve ser avaliado pelos partidos políticos que integram a base política do prefeito Romero, e que convergiram com a pré-candidatura de Bruno Cunha Lima”, comentou o deputado.


Em seguida, Manoel lembrou que Dalton reúne qualidade política e representa um seguimento importante de Campina Grande, que é a classe empresarial, que impulsiona a economia da cidade.


“Minha opinião não significa exclusão de outros nomes e partidos, mas entendo que é preciso construir não apenas alianças com partidos políticos, mas é fundamental que a classe empresarial possa participar ativamente da administração pública”, concluiu Ludgério.


Nesse cenário quem ficaria fora seria o PP, que atualmente ocupa a vice prefeitura, e tenta emplacar Lucas Ribeiro, neto de Enivaldo e filho da senadora Daniella, na vaga.

Nenhum comentário