Header Ads

BAYEUX: após possíveis irregularidades em edital das eleições indiretas, presidente da Câmara lava as mãos e põe erros na conta da Justiça


A novela envolvendo as eleições indiretas na cidade de Bayeux continua rendendo capítulos que tomam conotações de drama.

Vereadores já acusaram o presidente da Câmara Inaldo Andrade e o prefeito interino Jefferson Kita de tentarem realizar uma manobra para adiar as eleições, além da vereadora Luciene de Fofinho ter denunciado que o edital para a realização da votação continha diversas irregularidades.

Após esse fato, o presidente da Câmara, Inaldo Andrade, em contato com a rádio Correio FM, declarou que convidou o juiz eleitoral e o promotor para elaborarem junto com a Casa o referido edital e com isso lavou as mãos e colocou na conta da Justiça possíveis erros.

“Eu tive a transparência, a humildade e a sabedoria de convidar o juiz e o promotor para nos ajudar a fazer o edital e conduzir as eleições internas. Se tiver alguma coisa errada aí eu acredito que venha da Justiça” declarou.


blogdoninja

Nenhum comentário