Header Ads

Presidente do Coren-PB protesta contra exclusão dos enfermeiros em MP da PMJP concedendo gratificação para médicos que atuam no combate ao Covid-19


A presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren PB), Renata Ramalho, se disse surpresa na manhã desta quinta-feira (28) com a Medida Provisória (MP) assinada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), que concedeu gratificação de R$ 5,3 mil exclusivamente para médicos que atuam no combate a Covid-19, ignorando enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Para o Coren PB a MP publicada nesta quinta,  em edição espacial do Semanário Oficial,  é um flagrante desrespeito a categoria que em todo planeta é a maior vítima do Coronavírus, com jornadas de trabalho intermináveis e condições de trabalho muitas vezes longe do satisfatório.

Renata apelou para que o prefeito dialogue com a categoria através dos sindicatos de técnicos de enfermagem e enfermeiros e do Coren PB, que espera tratamento isonômico entre os profissionais de saúde.

Carta aberta à sociedade paraibana

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren PB) vem a público manifestar seu profundo repúdio com flagrante desrespeito com os profissionais de Enfermagem por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Em meio a maior crise de Saúde Pública do Planeta, o chefe do Executivo Municipal, Luciano Cartaxo, concedeu nesta quinta-feira (28) gratificação de R$ 5.300,00 para apenas uma categoria entre os profissionais de Saúde, ignorando lamentavelmente Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros, justamente as maiores vítimas no enfrentamento a Covid-19. É hora de dar um basta!

Este Conselho, diante da responsabilidade de representar mais de 40 mil profissionais de Enfermagem devidamente capacitados e que dedicam suas vidas a cuidar do próximo não poderia deixar de expressar sua indignação com a ausência de isonomia no tratamento com os profissionais de Saúde. Senhor secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, Vossa Excelência considera os profissionais de enfermagem dispensáveis?

Neste momento, em toda Paraíba, 303 profissionais de Enfermagem estão afastados com suspeita de infecção por Covid-19, 89 em tratamento com diagnóstico positivo e três colegas faleceram com Coronavírus. A média salarial de um Técnico de Enfermagem na Paraíba é de R$ 1 mil e R$ 1,2 mil para Enfermeiros. Não podemos mais aceitar essa desvalorização da categoria.



paraibanoticia

Nenhum comentário