Header Ads

Polícia prende um dos principais suspeitos de realizar assaltos na Capital durante a quarentena

A Polícia Militar prendeu um homem de 27 anos suspeito de praticar vários assaltos a entregadores de comida e pedestres que fossem encontrados circulando nas ruas, neste período de quarentena por causa do novo coronvírus, em João Pessoa. Ele foi interceptado na Avenida Beira Rio, no começo da tarde desta terça-feira (14) e tinha recebido há 2 meses o benefício para cumprir a pena de roubo em liberdade condicional, após passar quatro anos e seis meses preso na Penitenciária Desembargador Sílvio Porto. 

A prisão foi realizada por policiais da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur), que perseguiram o acusado, que estava em uma moto, até as proximidades do bairro da Torre. Com ele, foi apreendido um revólver e recuperado dinheiro, celular e a moto, que tinha sido roubada na hora do almoço, quando um entregador de comidas fazia entregas, na rua Cordélia Velloso Frade, no Jardim Cidade Universitária.

O comandante da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur), major Bruno Rodrigues, disse que o suspeito saiu da zona sul com a moto e praticou um roubo no bairro do Bessa. “Seguindo as orientações do comandante-geral, coronel Euller, que determinou um aumento das ações contra os crimes violentos patrimoniais, as guarnições já estavam se posicionando nas possíveis rotas de fuga do acusado para a região da orla, quando fomos informados que o suspeito com as mesmas características roubou uma estudante, perto do Parque Parahyba, no Bessa. A partir daí, o cerco aumentou e ele acabou sendo preso em uma ação da viatura do coordenador do policiamento, na avenida Beira Rio”, detalhou.

O suspeito estava com uma camisa preta, que cobria a camisa de um time de futebol carioca que ele estava usando durante os assaltos. Há suspeitas de que ele teria agido em pelo menos cinco bairros de João Pessoa, sempre na hora do almoço.

O preso foi apresentado na Central de Flagrantes, no Geisel, onde três vítimas dele já compareceram e fizeram o reconhecimento como sendo ele o autor de roubos praticados contra elas.

Nenhum comentário