Header Ads

Ótima notícia: Paraíba sem óbitos nas últimas 24h

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde nesta terça-feira (21), a Paraíba tem 2.244 casos em investigação de casos suspeitos de Covid atestados pelos municípios e hospitais mediante suspeita clínica para Síndrome Gripal leve e/ou SRAG por Covid-19. 
Um total de 1.098 casos notificados já foram descartados por exames laboratoriais para Síndrome Gripal e casos SRAG por Covid-19. Estão confirmados 263 casos da Covid-19, 127 a mais do que o divulgado no último boletim do último dia 14. Dos casos confirmados 49,4% (130) são do sexo feminino e 50,6% (133) do sexo masculino. 
A faixa etária com maior número de casos permanece a de 30 a 49 anos com 49,4% (130 casos). Do total de confirmados 45 casos (17,11%) são profissionais da saúde que fora avaliados e positivados para o agravo.
Até agora, os casos confirmados estão distribuídos por 19 municípios (João Pessoa, Bayeux, Campina Grande, Cabedelo, Junco do Seridó, Patos, Pombal, Santa Rita, Serra Branca, Sapé, Sousa, Taperoá, São João do Rio do Peixe, Riachão do Poço, São Bento, Congo, Queimadas, Igaracy e Bom Jesus).
 No momento, 34 pacientes estão internados em UTI (23 em estabelecimentos públicos e 11 no privado) e 114 em leitos de isolamento (78 em estabelecimentos públicos e 36 no privado), seguindo em investigação para Covid-19.
Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus. Dos casos confirmados, 39 encontra-se hospitalizados (10 em UTI e 29 em isolamento), 116 já se recuperaram da Covid-19 e 75 seguem em isolamento domiciliar. 
O Estado tem um total de 33 óbitos por Covid-19, destes 20 eram residentes no município de João Pessoa, 2 óbitos em cada um dos município de Santa Rita, Cabedelo, Campina Grande e Patos, e demais com 1 óbito nos municípios de Riachão do Poço, Junco do Seridó, Sapé, Bayeux e Taperoá.
Dos óbitos, 47 já foram descartados para COVID-19, 19 seguem aguardando exames e investigações que são realizadas pelo município de residência, num total de 15 municípios com óbitos em investigação.

Nenhum comentário