Header Ads

Coronavírus deixa mais de 1,7 bilhão de pessoas em confinamento no mundo


Nesta segunda-feira, 1,7 bilhão de pessoas em mais de 50 países ou territórios estão sob recomendação ou determinação das autoridades para que permaneçam confinadas em suas casas para combater a propagação da Covid-19 . As informações são da base de dados da AFP.
Ao menos 34 países e territórios adotaram medidas de quarentena obrigatória para sua população, o que inclui mais de 659 milhões de pessoas. Este é o caso da França, Itália e Argentina, assim como o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, além de Iraque e Ruanda.
A Grécia é o caso mais recente de país a entrar para a lista, a partir desta segunda-feira. Colômbia e Nova Zelândia adotarão a medida na terça-feira e quarta-feira, respectivamente. Somente na Índia, 700 milhões de pessoas entraram em isolamento total ou parcial nesta segunda-feira.
Em pelo menos outros quatro países (com mais de 228 milhões de habitantes no total), como Reino Unido, Alemanha e Irã, o apelo para a permanência em casa é uma recomendação. No Brasil, o governo federal tem orientado o isolamento social como uma das medidas para conter a disseminação do novo coronavírus, mas ainda não houve o decreto de quarentena nacional.
Outros 10 países ou territórios (mais de 117 milhões de pessoas) aplicam o toque de recolher durante a noite. Este é o caso do Chile, Burkina Faso, ou cidades como Manila, capital das Filipinas. A Arábia Saudita adotará o recurso a partir de terça-feira. Alguns países colocaram cidades em quarentena, como Bulgária ou Cazaquistão. Estas cidades totalizam 10 milhões de habitantes.


Crédito imagem: ELVIS BARUKCIC / AFP
News Paraíba com O Globo

Nenhum comentário