Header Ads

FPF emite nota sobre denúncia de manipulação de jogo no interior da Paraíba

O mundo do futebol paraibano foi sacudido nesta terça-feira (28), não com bolas nas redes, mas por uma denúncia do presidente do Sousa Esporte Clube, Aldeone Abrantes, postadas em áudio nas redes sociais, no qual disse ter sido procurado por pessoas conhecidas para manipular o jogo entre o Sport Club Lagoa Seca e o Sousa Esporte Clube, ocorrido na noite dessa segunda-feira (27), no estádio “O Almeidão” em Campina Grande.
O fato causou uma confusão no mundo da bola e alertou o Ministério Público da Paraíba (MPPB), que recebeu os áudios com as denúncias do presidente do Sousa Esporte Clube e deverá pedir, a qualquer momento, a prisão de pessoas envolvidas em mais uma suposta compra de resultados em partidas de futebol no Campeonato Paraibano de 2020.
Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira, 28, a Federação Paraibana de Futebol disse estar ‘perplexa’ com a denúncia.
Confira a Nota:
NOTA À IMPRENSA
A Federação Paraibana de Futebol está perplexa com o teor da denúncia formulada pelo presidente do Sousa Esporte Clube, o senhor Aldeone Abrantes, acerca de uma tentativa de manipulação do jogo entre o Sport Club Lagoa Seca x Sousa Esporte Clube, jogo ocorrido na noite de ontem (27/01/2020), no estádio “O Almeidão” em Campina Grande.
As denúncias narradas nos áudios são gravíssimas e rememoram condutas criminosas praticadas no futebol da Paraíba ocorridas até o ano de 2018, quando foi deflagrada a “Operação Cartola”.
Como todos sabem, a atual gestão da Federação Paraibana de Futebol vem lutando incansavelmente para resgatar o prestígio, o respeito e a seriedade do futebol paraibano, sendo, portanto, a principal interessada na apuração dessas denúncias para coibir e punir toda e qualquer prática ilícita que venha a atentar contra a lisura do futebol paraibano, que no final termina por prejudicar, em última instância, os milhares de torcedores paraibanos.
Assim, a FPF já procurou a autoridades competentes, dando-lhes conhecimento integral dos fatos e fornecendo a cópia dos áudios para que os mesmos possam ser periciados e que sejam apuradas as práticas criminosas narradas, bem como identificados todos os supostos acusados, para que ao final todos os envolvidos venham a ser punidos pela justiça e sejam banidos do futebol para sempre.

paraibaonline

Nenhum comentário