Header Ads

Deputada do PSB rechaça denúncia e diz que soube pela imprensa que integrava Organização Criminosa


A deputada estadual Cida Ramos (PSB) rechaçou a denúncia protocolada pelo Tribunal de Justiça, nesta segunda-feira (13), com base nas investigações da ‘Operação Calvário’.
Em nota, Cida disse que soube pela imprensa acerca da denúncia e nega ter feito parte de organização criminosa, alegando que sequer sabia da existência dela.

Confira a nota:

Recebi, pela imprensa e com enorme surpresa, a notícia de que fui denunciada pelo Ministério Público da Paraíba, por fatos relativos à Operação Calvário, de pertencer a uma organização criminosa, da qual jamais fiz parte ou mesmo sabia da alegada existência.
Por jamais ter sido ouvida sobre qualquer assunto que envolvesse esta operação, tenho por certo que terei a oportunidade de me manifestar e o farei, com o devido respeito e a necessária firmeza, esclarecendo tudo quanto tenha dito o Ministério Público paraibano sobre mim.
Por ter a questão sido submetida ao Poder Judiciário, será neste foro que apresentarei minhas razões, procurando, antes, entender como foi possível ser atingida por uma denúncia que, em mais de 200 páginas, nenhuma prova traz contra mim, assim como nenhuma das delações premiadas sugerem qualquer envolvimento meu com as circunstâncias investigadas pelo Ministério Público.
Enfrentarei esta discussão com absoluta serenidade e consciência tranquila.
Deputada estadual Cida Ramos
A sexta denúncia com base nas investigações da Operação Calvário foi protocolada no Tribunal de Justiça nessa segunda-feira (13). O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e a Improbidade Administrativa (Ccrimp) acusam 35 agentes públicos, empresários e operadores financeiros de formarem uma organização criminosa (Orcrim) para a prática de delitos, como corrupção e lavagem de ativos, através de atividades de organizações sociais (OS) na saúde e da adoção de inexigibilidades (fraudadas) na educação.

tanaarea

Nenhum comentário