Header Ads

Citados na delação de Livânia, deputados Genival Matias e Tião Gomes se colocam a disposição da Justiça e garantem que não fizeram parte de nenhum esquema


Citados na delação premiada da ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, nas investigações da Operação Calvário, os deputados estaduais Genival Matias e Tião Gomes divulgaram notas nesse domingo (05) informando que estão a disposição da Justiça e que não fizeram parte do esquema que desviou recursos públicos da Paraíba.

Confira as notas na íntegra:
Nota de Esclarecimento do deputado estadual Genival Matias
Em primeiro lugar, quero deixar claro que confio e apoio as investigações da Operação Calvário em todas as suas fases, porém, me causou surpresa a citação sem provas do meu nome em depoimento, sobre uma suposta entrega de recursos.
Afirmo que não tenho qualquer participação nesses fatos e tenho a tranquilidade de não ter recebido absolutamente nada além do que foi declarado oficialmente no período eleitoral.
Estou à disposição da Justiça para esclarecer quaisquer fatos e desde já disponibilizo meu sigilo bancário e fiscal.
Sigo confiando na justiça e respeitando às instituições.

Nota do deputado Tião Gomes
Rechaço com veemência toda e qualquer citação inverídica que aponta recebimento de recursos ilegais por minha pessoa. Estou indignado, mas absolutamente tranquilo que a verdade será restabelecida. Em 40 anos de atuação na vida pública, tendo oito mandatos de deputado, nunca me envolvi em nenhum ato ilícito e meu patrimônio é condizente com minha realidade. Neste momento, coloco-me inteiramente à disposição da Justiça, mesmo sabendo que meu nome não está inserido entre os investigados.
Nunca tratei qualquer assunto sobre recursos com o deputado Edmilson Soares e tampouco autorizei que alguém tratasse ou recebesse valores em meu nome.
Coloco meu sigilo bancário, telefônico e fiscal à inteira disposição, reafirmando que nossas campanhas foram realizadas dentro da lei e feitas com dinheiro limpo tendo todas as contas aprovadas pela justiça eleitoral. Portanto, nada devemos e nada tememos. Confiamos na Justiça.


Bastidores da Política PB

Nenhum comentário