Header Ads

CMCG

Calvário: Gaeco investiga cargos fantasmas no Hospital Metropolitano e email de Livânia revela indicações ‘de Ricardo’ e de um “JA”


A Operação Calvário vem ganhando novos capítulos e envolvendo novos personagens. Na autorização do desembargador Ricardo Vital de Almeida para as buscas e apreensões desta terça, é relatado um email encaminhado pela Secretária Executiva Chefe da Casa Civil do Governador, Iris Rodrigues Dantas, do governo de Ricardo Coutinho, para então secretária de Administração Livânia Farias, com um relatório sobre a ocupação de cargos no Hospital Metropolitano de Santa Rita e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba (Gaeco-PB) apura a indicação de fantasma. Iris continua no mesmo cargo no governo.
No email, é relatado por Iris  a Livânia que o ex-candidato a prefeito de Santa Rita, Adones Junior, “foi indicado pelo governador (há época, Ricardo Coutinho) para ocupar um cargo na área administrativa do Hospital Metropolitano. Além de Adones, o governador também indicou Marcos Ferraz para administração.
Entre as pessoas que indicaram apadrinhados para assumir cargos aparece um “J A” que não é especificado de quem se trata, mas é claramente exposto a importância do mesmo para a contratação no hospital. “Nutricionista chefe: 1 vaga –  Foi encaminhado um currículo; esse currículo foi indicação de JA, ele disse que é muito importante atender”, relata Iris para Livânia.
Iris detalhou no email quantas pessoas estavam sendo indicadas para assumir cargos no Hospital administrado pela OS Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP).

Politicaetc

Nenhum comentário