Header Ads

CMCG

Pedido de cassação do vereador Malba de Jacumã é protocolado na Câmara de Conde




Foi protocolado na Câmara Municipal de Conde, na manhã desta terça-feira (3), um pedido de cassação do vereador Malba de Jacumã (MDB). A peça argumenta que o parlamentar cometeu quebra de decoro, e cita o caso da rachadinha de salários dos servidores, esquema desbaratado em março deste ano pela Polícia Civil.
“Com o desenrolar das investigações, restou sobejamente comprovado que o caso de corrupção praticado pelo Vereador Malba de Jacumã é bem mais grave do que imaginamos, onde, até então, o Vereador já fora indiciado pelos cometimento, em tese, dos crimes de Lavagem de dinheiro, corrupção ativa e obstrução da justiça”, versa trecho do documento.
Ainda conforme o documento, em todo o período do seu mandato o vereador denunciado atuou criminosamente, quando desrespeitou o sagrado direito constitucional do trabalhador de receber o seu salário, onde o vereador ora denunciado exigia a devolução de mais de 50% das remunerações de seus assessores.
Para fundamentar o pedido de cassação, protocolado por Aleksandro Pessoa, presidente do PSB de Conde, é utilizado o Artigo 139 do Regimento Interno da Câmara Municipal. “Utilizar-se do mandato para a prática de atos de corrupção ou de improbidade administrativa”, diz trecho do artigo.
“Exigir dos assessores a maior parte dos seus salários não condiz com a atividade de um parlamentar, ferindo o decoro parlamentar, sendo a sua cassação medida salutar de direito”, versa o denunciante. “A Câmara Municipal precisa dar uma resposta enérgica”, conclui.

Veja documento


Confira denúncia de ex-assessor de Malba







paraibaja

Nenhum comentário