Header Ads

CMCG

Após “intervenção” no diretório da Paraíba, PSB expulsa deputado e suspende funções partidárias de 9 que votaram pela reforma da Previdência


Após a “intervenção” no diretório estadual da Paraíba, o PSB acaba de expulsar um deputado e suspender funções partidárias de mais 9 que resolveram votar favoráveis a reforma da Previdência.
Na Paraíba o partido destituiu o então presidente da legenda, atual secretário de estado, Edvaldo Rosas, militante, articulador e construtor das ações que elevaram o PSB ao patamar de organização e vitórias.
Neste final de semana em Brasília o PSB decidiu sobre o futuro dos deputados federais que discordaram do posicionamento do partido e votaram favoráveis a reforma da Previdência.
O deputado Átila Lira do PSB do estado do Piauí foi expulso do partido, e outros nove tiveram suas funções partidárias suspensas por 12 meses.
São eles: Emidinho Madeira (MG), Felipe Carreras (PE), Felipe Rigoni (ES), Jefferson Campos (SP), Liziane Bayer (RS), Rodrigo Agostinho (SP), Rodrigo Coelho (SC), Rosana Valle (SP) e Ted Conti (ES).
O caso de Átila Lira foi considerado mais grave pelo colegiado pela reincidência do deputado que, em 2018, votou a favor da reforma trabalhista do governo Temer.


marcelojose

Nenhum comentário