Header Ads

CMCG

Campina Grande terá mais oito novas creches até o final do ano



Com isso, o município totalizará 43 creches em funcionamento

A Prefeitura de Campina Grande vai inaugurar ao longo de 2019 mais oito novas creches, beneficiando, sobretudo, áreas carentes do município, onde a população reivindicava esse tipo de equipamento comunitário. Com isso, a cidade passará a contar com um total de 43 creches em funcionamento graças ao empenho do atual governo.

Serão oficialmente inauguradas em 2019, conforme anúncio feito pelo prefeito Romero Rodrigues, as creches Maria de Lourdes Cavalcante (Catingueira, que começou a funcionar em setembro de 2018); Maria Alvina da Silva (Serrotão); Marinês Almeida da Silva (Novo Cruzeiro); Célia Márcia Santos Cirne (José Pinheiro, que foi totalmente construída com recursos próprios do município) e a Creche de Catolé de Zé Ferreira.

Também serão entregues três creches construídas no Conjunto Habitacional Aluízio Campos, o maior em execução no Brasil, onde o município também construiu 4.100 unidades habitacionais. Cerca de 20 mil pessoas vão morar naquela área, mas já contarão com uma infraestrutura do mais alto nível, além de equipamentos como escolas, postos de saúde, praças, academias populares e muito mais.

Ele lembrou, ainda, que várias creches foram municipalizadas (recebidas do Estado em 2015), sendo elas: Carla Medeiros, Maria Tereza Nepomuceno, Tereza Gioia, Maria Rosa da Silva, Anita Cabral, Maria Amélia, Ana Paula, Isaura Gomes de Farias, Vaneuza Rodrigues e José Jóffily - Caic (creche desativada devido a problemas gravíssimos na estrutura do prédio).

Também foram reformadas, ampliadas ou construídas na gestão Romero Rodrigues as seguintes creches: Área Moura Ribeiro (Bairro das Cidades, reformada e ampliada em agosto de 2013); Elza Almeida (Santo Antonio, ampliada com construção de berçário em 2018); Nenzinha Cunha Lima (Presidente Médici, ampliada em 2015); Creche Severino Cabral (Conjunto Severino Cabral, que foi demolida e reconstruída em 2017); Sinhazinha Celino (Catingueira, com ampliação de berçário em 2017); Vânia Figueiredo (Tambor, com ampliação de berçário em 2017); Zeferina Galdêncio (Catolé, com ampliação de berçário 2017); Walnyza Borborema Cunha Lima (Três Irmãs, construída em 2016) e Maria Emília Cordeiro Pedrosa (Araxá, com ampliação de berçário em 2018).

Conforme garantiu Romero Rodrigues, todas essas creches terão uma estrutura marcada pela qualidade. “De fato são estruturas bem construídas, bem arrojadas, afinal destinam-se ao atendimento da população, sobretudo das crianças na faixa de pré-escola, que merecem, portanto, uma atenção especial por parte do nosso governo”, assegurou Romero Rodrigues.

Para o prefeito, em decorrência do trabalho de implantação de creches e de escolas de qualidade, a rede municipal de ensino é motivo de orgulho. Como resultado deste trabalho, conforme lembrou, no ano passado, por meio da chamada Prova Brasil, foi constatado que a educação municipal superou todas as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Nenhum comentário