Header Ads

CMCG

Lucas Ribeiro vai propor que prefeitura estude possibilidade de assumir Redentorista



O vereador licenciado Lucas Ribeiro (Progressistas) uniu-se ao lamento dos campinenses diante do anúncio nesta quarta-feira, 07, do encerramento das atividades da Escola Técnica Redentorista. Na Câmara, Lucas manteve permanente contato para colaboração com a direção da ETER e conhecia bem as dificuldades enfrentadas pela instituição e o esforço dos seus diretores para manter as aportas abertas.

O vereador, inclusive, apresentou na Casa de Félix Araújo dois requerimentos este ano referentes à escola, um deles propondo a realização de uma audiência pública para justamente discutir a situação do Redentorista e debater possíveis soluções e outro para uma sessão especial com o intuito de celebrar os 43 anos da instituição.

Além de lamentar o anúncio, Lucas Ribeiro, no entanto, informou que vai propor ao prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, que sejam promovidos estudos em caráter de urgência quanto à possibilidade de o Município firmar parceria com a Congregação Redentorista Nordestina a fim de assumir a gestão da escola técnica.

“Apesar de a oferta de formação técnica ter aumentando, ainda existe uma demanda muito grande a ser suprida e, além disso, o Redentorista possui uma expertise e tradição que confirmam sua essencialidade e tornam o fechamento de suas portas uma perda irreparável para nossa cidade, região e estado”, comentou.

“Além disso, existe uma estrutura, mão de obra, professores e uma capacidade de continuar contribuindo com a educação de qualidade que não pode desaparecer. Temos ciência das dificuldades para pôr em prática tal iniciativa, mas igualmente entendo que poderemos buscar apoios, inclusive da nossa bancada no Congresso, com a senadora eleita Daniella e o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, para que essas portas não se fechem, porque são portas que se fecham para o futuro dos nossos jovens”, disse.

Nenhum comentário