Header Ads

CMCG

Polícia prende suspeito de tráfico que atuava no centro de Campina Grande


A atuação da Polícia Militar em locais estratégicos de Campina Grande para combater o tráfico de drogas resultou na prisão de um suspeito, apreensão de arma de fogo, crack, e recuperação de diversos objetos que eram trocados por entorpecentes. A ação aconteceu durante a 32ª edição da Operação Impacto, na noite dessa sexta-feira (19).

Policias da Companhia de Choque, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), estavam em rondas na Praça Clementino Procópio, no centro da cidade, quando abordaram um homem, de 51 anos de idade. O suspeito utilizava uma motocicleta. Com ele, também foram encontrados 42 pedras de substância semelhante ao crack, dinheiro e um carro. Segundo os policiais que efetuaram a prisão, o veículo era uma pick-up que servia de depósito para os objetos trocados por droga.

Na casa do suspeito, os policiais encontraram a arma, diversos objetos eletrônicos, como televisões, notebooks e celulares. Como ele agia no centro da cidade, a suspeita é que ele recebia os objetos como pagamento pelos entorpecentes. O homem foi conduzido para a Central de Polícia, no bairro do Catolé, onde foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Capital – Em João Pessoa, um motorista de transporte de aplicativo foi preso com quatro pedras de uma substância semelhante àpasta base de cocaína. A prisão aconteceu no bairro do Cristo Redentor após abordagem dos policiais do Regimento de Polícia Montada (RPMont). O suspeito, que tem 23 anos de idade, tinha ainda uma faca e dinheiro. Todo o material e o homem preso foram encaminhados para a Central de Polícia.

Impacto – As duas prisões aconteceram durante a 32ª edição da Operação Impacto, que intensificou as ações de policiamento com blitzen, incursões, abordagens e patrulhamento aéreo com helicópteros em locais apontados pela Inteligência e Estatística da PM. O objetivo é o combate ao tráfico de drogas, prevenção de crimes contra a vida e contra o patrimônio, atuando na região metropolitana de João Pessoa, Campina Grande, e diversas cidades do Sertão.

Nenhum comentário