Header Ads

CMCG

Ludgério descarta apoio a Zé Maranhão e dispara: “Especulações, nada além”



A presidente do Legislativo campinense, Ivonete Ludgério (PSD) descartou possível apoio ao pré-candidato ao governo da Paraíba, José Maranhão e assegurou, em entrevista neste final de semana, que tanto ela quanto o seu esposo, o deputado estadual, Manoel Ludgério continuam firmes e fortes no apoio ao pré-candidato a governador, Lucélio Cartaxo e a pré-candidata a vice-governadora, Micheline Rodrigues, esposa do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues.

“Nunca! Todas as informações divulgadas nesse sentido, não passam de pura especulação. Isso vem ocorrendo porque o noivo de minha filha é o vice de Maranhão. Mas isso não muda absolutamente nada em nosso posicionamento político”, garante Ivonete Ludgério.

Após ter o nome do seu genro, Bruno Roberto (PR) indicado para ocupar a vaga de vice na chapa do pré-candidato a governador, José Maranhão, alguns setores da imprensa passaram a divulgar a possibilidade do deputado estadual, Manoel Ludgério declarar apoio ao candidato emedebista, mas Ivonete desmentiu e afirmou que ambos continuam ao lado do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, consequentemente apoiando a chapa Lucélio e Micheline. 

Ivonete explicou que já esperava por tais especulações e assegurou que não apenas ela, mas também o seu genro, sabem separar a vida pública da vida pessoal e que isso não interferiria em suas posições políticas. “Somos conscientes de que iria gerar especulação, mas não passa disso. Meu genro sabe disso. Ele compreende, assim como nós compreendemos a posição política dele e da família e eles a nossa. Respeitamos e somos respeitados”, destacou. 

A presidente do Legislativo campinense também desmentiu que haja descontentamento ou desconforto por parte do seu esposo, o deputado estadual, Manoel Ludgério com relação as alianças dentro do seu partido. “Repito, estão especulando de todas as formas. Nada disso está ocorrendo, estamos fechados com Lucélio e Micheline”, assegurou Ivonete Ludgério.

Nenhum comentário