Header Ads

CMCG

Vigilante morto em tentativa de resgate de preso sonhava em ser policial para combater crimes na PB



Dois suspeitos de participar da ação de resgatar um detento na manhã desta segunda-feira (25),que terminou com a morte de um vigilante, foram presos horas depois do crime, em Campina Grande, no Agreste do estado.
O vigilante morto foi identificado como sendo Diego Oliveira dos Santos, 23 anos. Ele estava trabalhando há um ano como segurança. Familiares informaram que ele sonhava em ser policial para combater a criminalidade.
O preso que os bandidos tentaram resgatar foi Gilmar Andrade dos Santos, que cumpre pena por tráfico de drogas e assalto a banco. Ele é integrante de uma facção criminosa que atua no bairro José Pinheiro.
Horas depois do crime, a polícia encontrou carros que teriam sido usados na fuga dos bandidos. Os suspeitos presos foram levados para a Central de Polícia Civil em Campina Grande.
Crime
Uma tentativa de resgate de preso dentro de uma clínica terminou com um vigilante assassinado na manhã desta segunda-feira, em Campina Grande, no Agreste do estado.
De acordo com a Polícia Militar, agentes penitenciários levaram um apenado para realizar exames na clínica,quando o veículo trazendo o preso chegou foi recebido à tiros por bandidos que tentavam resgatar o preso, que seria o bairro José Pinheiro.
Houve um intenso tiroteio entre agentes do GPOE e bandidos. Durante a troca de tiros, um vigilante que estava na guarita foi atingido pelos disparos e morreu com a arma na mão.
Os criminosos fugiram, mas o preso não foi resgatado. A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou à clínica o tiroteio já tinha acabado e o vigilante morto.
PB HOJE

Nenhum comentário