Header Ads

CMCG

Mulher é detida com seringas no Parque do Povo


Uma mulher de 19 anos foi detida na noite desta terça-feira (12) portanto seringas. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, a mulher foi flagrada durante a revista realizada na entrada do Parque do Povo, feita pelo pessoal da empresa responsável pela segurança do evento. A mulher foi encaminhada para a Central da Polícia Civil.
Segundo informações da Polícia Civil, a jovem disse que estava com o material porque trabalha colocando piercings. Ela disse também que não estava sabendo dos ataques com agulhas ocorridos no Parque. Segundo informações da polícia, o material encontrado com a moça estava lacrado.
O número de pessoas atacadas com agulhas no Parque do Povo aumentou para 28. Todas foram atendidas no Hospital de Trauma de Campina Grande após relatarem ter sido vítimas de ferimentos por agulhas, sendo a maioria dos casos registrado no último final de semana.
Na noite desta terça-feira (12) mais cinco pessoas deram entrada no Hospital de Trauma de Campina, sendo 1 homem e 4 mulheres. Uma das vítimas atacadas ontem disse ao Bom Dia Paraíba, da TV Cabo Branco, que estava dançando com o marido quando sentiu uma picada. Ela disse que não viu o agressor, mas que testemunhas contaram que foi um rapaz moreno, magro, alto e que estava vestindo uma camiseta rosa.
Segundo perfil das vítimas atacadas, a maioria é homem, jovem, com uma faixa etária entre 19 e 25 anos. Foram 18 homens e 10 mulheres atacadas com agulhas.
Fora o Parque do Povo, apenas um caso de ataque com agulha foi registrado, nesse caso no bloco “Namoradrilha”, elevando o número para 29.

Parlamentopb

Nenhum comentário