Header Ads

CMCG

Cássio Cunha Lima e Lígia Feliciano entram na mira da Justiça Eleitoral


A vice-governadora e pré-candidata ao governo da Paraíba Lígia Feliciano (PDT), e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), entraram na mira da Justiça Eleitoral, acusados de antecipar campanha fora do período estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O procurador regional eleitoral da Paraíba, Victor Carvalho Veggi, abriu um procedimento preparatório contra a vice-governadora. A portaria foi publicada na edição do Diário Eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) de ontem, segunda-feira (18).

De acordo com o documento, Lígia teria praticado suposta propaganda eleitoral antecipada vedada ao divulgar publicação no Instagram patrocinado.

O Ministério Publico Federal (MPF), também está investigado o senador Cássio Cunha Lima por propaganda eleitoral irregular nas redes sociais. Cássio pretende disputar a reeleição.

De acordo com o diário oficial do Ministério Público Federal (MPF), publicado no dia 15 de junho deste ano, Cássio teria patrocinado vários posts em sua página no Facebook – o que não seria permitido pela justiça eleitoral.

Paraibaonline

Nenhum comentário