Header Ads

Veneziano entrega termos de cessão e inaugura Vila do Artesão dia 18

Ao entregar na manhã desta sexta-feira, 26, os termos de cessão de uso aos 270 artesãos, o prefeito Veneziano Vital do Rêgo marcou também a data de inauguração da Vila do Artesão de Campina Grande. Será no dia 18 de dezembro.
A solenidade de entrega dos termos aconteceu no auditório do Centro de Tecnologia Professor Severino Loureiro, com as presenças de praticamente tosos os artesãos, além do presidente da Câmara Municipal, Nelson Gomes Filho; vereadores Olímpio Oliveira, Fernando Carvalho, Pimentel Filho, Rodolfo Rodrigues; Secretária de Interiorização, Ana Cláudia Vital do Rêgo, além de representantes do Sebrae e da Associação dos Artesãos campinense.
O presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), Francisco (Tico) Lira, disse que a Vila dos Artesãos era um sonho desejado pelos artesãos há mais de 30 anos: “acompanho de há muito a luta desse povo. Sempre tendo que apresentar seus belíssimos produtos em praças e nas suas casas. O sonho se transformou em realidade e graças a um jovem prefeito (Veneziano) que tem mudado essa cidade pra melhor, apesar de alguns poucos não concordarem”, assinalou Tico. A Amde vai gerenciar o espaço.
Fizeram pronunciamentos, o vereador Fernando Carvalho, que disse da importância da Vila do Artesão para a categoria, além do presidente da Associação dos Artesãos local, Pedro Nunes e a Secretária Ana Cláudia.
O prefeito Veneziano Vital fez um discurso marcado pela emoção e pelo desabafo. Disse que estava vivendo um momento feliz porque tinha a convicção de estar mais uma vez entregando uma obra de grande alcance social, turístico e econômico para a cidade.
Por outro lado, o prefeito lamentou que alguns poucos estejam ocupando a mídia para desqualificar o trabalho da atual gestão: “Que bom que esse discurso fosse apenas para retratar minha alegria, mas não posso me furtar em externar minha insatisfação contra aqueles que pregam a calúnia e as provocações: E fiquei ainda mais triste quando abri os jornais de hoje e vi que deputados federais bem votados na cidade, não destinaram mais uma vez recursos das suas emendas para Campina, diferentemente do que faz Vitalzinho”, desabafou Veneziano Vital.
A Vila do Artesão representa um investimento superior a R$ 2 milhões – recursos próprios de mais de R$ 800 mil e emendas dos deputados federais Vital Filho e Luiz Couto. 
As obras do Espaço do Artesão foram iniciadas em julho de 2009 e contam com um terreno de 5.880 m² e uma área de construção de 2.775 m². Os serviços de construção foram executados pela Construtora Ágape e geraram mais de 100 empregos.
O espaço destinado ao artesanato contará com 77 lojas, “espaço lúdico” (destinado a dança, apresentações folclóricas e exposições), cantina e restaurante, amplo estacionamento privativo, centro administrativo (integrado por recepção, tesouraria, diretoria, etc), duas baterias de banheiros (com cinco unidades cada uma), auditório (para 110 pessoas, contando ainda com dois banheiros, camarins e sala de espera) e praça de alimentação (com oito lanchonetes destinadas a venda de comidas e bebidas típicas regionais).
A obra ainda contará com dois galpões comunitários, que possuem áreas para o funcionamento de serraria, serralharia, oficina mecânica, fundição, forno cerâmico, oficina de pintura e almoxarifado.

Assessoria

Nenhum comentário