Header Ads

Mesmo com postulação de Cícero, Maranhão poderá adotar pela 1ª vez postura de neutralidade em 2012: “Estou preparado para disputar”, avisa Manoel Jr

O governador José Maranhão poderá passar por um dilema nas eleições em 2012: rifar uma das postulações da oposição ou adotar a neutralidade e permitir as duas candidaturas, a do senador Cícero Lucena (PSDB), ou a lançada pelo seu partido, o PMDB.
 
Na tarde desta quinta-feira (25), o deputado federal reeleito Manoel Júnior (PMDB), admitiu em entrevista exclusiva ao PB Agora que tem a intenção de disputar a prefeitura da Capital, pois, segundo ele, tem experiência para isso.
 
“Já fui prefeito de Pedras de Fogo por três vezes, já presidi a Famup e fui vice-prefeito da Capital. Estou preparado para disputar”, avisou.
 
Júnior relatou que possue alguns projetos para serem levados adiante: “Penso no desenvolvimento e em políticas publicas voltadas para os nossos filhos e netos, a Capital precisa de uma melhor qualidade de vida”, revelou.
 
O deputado federal sabe que não será fácil convencer os integrantes do partido de que o seu nome é o melhor para postular o cargo de chefe do executivo municipal, mas se mostrou disposto para enfrentar a 'primeira batalha'.
 
“A escolha não depende de mim, estou à disposição do PMDB e sei que essa é a etapa mais difícil”, confidenciou.
 
Vale salientar que tanto Cícero Lucena como Manoel Júnior foram peças fundamentais na campanha de Maranhão, apesar da derrota: o tucano por ter brigado com o partido,( leia-se Cássio Cunha Lima) e Manoel Júnior pela postura de lealdade e companheirismo com o governador desde o início da campanha.
 

PB Agora 

Nenhum comentário