LUTO: Tovar destaca que talento único e irreverência de Genival Lacerda o tornou patrimônio cultural da Paraíba


O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) lamentou a morte do cantor Genival Lacerda, que ocorreu nesta quinta-feira (7), aos 89 anos, em decorrência da infecção pelo novo coronavírus. O parlamentar destacou a trajetória do artista e sua contribuição cultural para a Paraíba, em especial Campina Grande, de onde era natural.

Tovar destacou que o artista tinha talento único e lembrou que isso resultou na lei de nº 10980/2017, de sua autoria, que tornou Genival ‘Patrimônio Cultural da Paraíba’, após a aprovação do projeto na Assembleia Legislativa da Paraíba.

“O Brasil perde um artista uma das maiores personalidades do forró brasileiro. Compositor, foi um dos primeiros a destacar o Nordeste em cenário nacional. O Brasil perde um grande talento e a Paraíba chora a morte desse campinense, que foi mais uma vítima desse vírus tão perigoso”, disse.

Um dos maiores ícones do forró, Genival Lacerda nasceu em Campina Grande, em 5 de abril de 1931. Na década de 50 se mudou para Recife, onde iniciou sua carreira como cantor e gravou seu primeiro disco. Entre os maiores sucessos do artista estão as músicas “Severina Xique Xique”, “Radinho de pilha”, “Mate o véio” e “De quem é esse jegue”, que o elevaram ao patamar nacional.

Nenhum comentário