Líder do governo espera “janela” partidária e candidatura a federal

 


O deputado Ricardo Barbosa (ainda filiado ao PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado, aguarda a abertura de nova “janela” partidária para mudar de partido e alavancar novos projetos políticos. O parlamentar cogita ingressar nos quadros do Cidadania, o partido do atual chefe do Executivo, e assevera que é irreversível a sua candidatura a deputado federal em 2022. “Pretendo fazer muito mais pela Paraíba como deputado federal, contribuindo para melhorar a qualidade de vida da população e o processo de desenvolvimento do Estado”, comentou Barbosa, que sempre transitou com desenvoltura em Brasília, onde residiu por alguns anos, exercendo cargos nos governos federal e estadual.

Ricardo explica que tenciona colaborar efetivamente para que o governador João Azevêdo execute um conjunto de obras públicas e de serviços de infraestrutura para ficar marcado na história da Paraíba e confia no espaço de articulação que detém em diferentes esferas e escalões de poder na Capital federal. A atuação de Barbosa já foi testemunhada, de público, pelo governador João Azevêdo, que o aponta como um político proativo e antenado com as questões de interesse municipalista. O deputado, além de Campina Grande, concentra grande parte de redutos políticos no Vale do Mamanguape, onde recebeu expressiva votação nas últimas eleições. Quarto deputado estadual mais votado da Paraíba, com 41.201 votos, investe na expansão das bases por outras regiões, alcançando o próprio sertão.

O líder diz que é grato ao governador João Azevêdo pela confiança que lhe tem depositado e, mais ainda, pelo atendimento a inúmeras demandas municipais que tem encaminhado. “O governador é sensível às reivindicações que lhe são transmitidas pelos representantes do povo e isto facilita a solução de problemas pendentes que constituem, em alguns casos, grandes desafios para localidades interioranas”, analisa o deputado Ricardo Barbosa. Na sua opinião, a eficácia do trabalho administrativo tem sido demonstrada num momento particularmente difícil como o atual, provocado pelos reflexos da pandemia do novo coronavírus sobre a população. “O governo não tem faltado com ações preventivas e, também, com ações emergenciais para pronto atendimento às vítimas da calamidade”, enfatiza o líder.

Por fim, ele declarou que apesar da redução do número de sessões ordinárias por semana na Assembleia Legislativa, em face das restrições impostas por medidas sanitárias decorrentes da Covid-19, pôde apresentar inúmeros projetos, alguns deles relacionados ao ambiente da pandemia. Uma de suas iniciativas, tida como bastante polêmica, chegou a ter desdobramento judicial: a proposta que previa a redução proporcional de mensalidades escolares, de acordo com o número de alunos dos estabelecimentos. Os proprietários de escolas recorreram à Justiça contra a propositura e tiveram êxito. “Infelizmente, não alcançamos o resultado pretendido, mas a nossa intervenção nesse assunto serviu para abrir uma grande discussão em torno da defesa do consumidor”, avalia Ricardo Barbosa. “Pretendo continuar pautando meu mandato no interesse estrito da comunidade”, reforça.


osguedes

Nenhum comentário