Governadores cobram cronograma de vacinação do Ministério da Saúde

 


Governadores de diferentes estados se reuniram por teleconferência, nesta terça-feira (5), com o secretário de vigilância do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, para cobrar um plano, um cronograma de vacinação contra a Covid-19 para todo o país.

Contudo, não obtiveram uma data após a conversa.

A informação foi dada ao blog pelo governador do Piauí, Wellington Dias.

“Nossa expectativa era de que houvesse alguma definição. A reunião foi até estressante. Cobramos uma data e não nos foi fornecida. Quando chegam os insumos? Quando começa a vacinação? O secretário disse que iria levar nossa demanda ao ministro Pazuello”.

Além de Dias, participaram da reunião Ronaldo Caiado (Goiás), Helder Barbalho (Pará), Waldez Goes (Amapá), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul) e Renato Casagrande (Espírito Santo).

Wellington Dias disse ao blog que propôs para a próxima segunda-feira (11) uma agenda conjunta entre os três Poderes — cúpula do Congresso, do STF e o ministério da Saúde — para discutir com as fabricantes e a Anvisa um calendário nacional de vacinação. “O Brasil está ficando no final da fila. Há um atraso inexplicável”.

Ele disse que conversou pela manhã com o governador João Doria (São Paulo) e que o plano para o início da vacinação no Estado de São Paulo está mantido para o dia 25 de janeiro.

Nenhum comentário