Secult inicia revitalização do Museu Histórico e Geográfico de Campina Grande

 


A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), tem realizado uma série de ações nos equipamentos de cultura campinenses. Nesta semana, no Museu Histórico e Geográfico, localizado na avenida Floriano Peixoto, foi iniciada uma revitalização das área externas e internas deste aparelho da cultura de nossa cidade.

A secretária municipal de Cultura, Giseli Sampaio, afirmou que o Museu Histórico e Geográfico de Campina Grande tem um grande valor para o enaltecimento da  história da Rainha da Borborema, e abordou sobre o processo de revitalização, além da reorganização do acervo do espaço cultural. 

“O Museu Histórico, que possui um rico acervo de toda a memória etnográfica, traz uma referência muito forte da questão memorialista de nossa cidade. Entre as ações,  já realizamos a recuperação interna do prédio, dos espaços físicos, questões hidráulicas e elétricas. Assim como o acervo, que está sendo catalogado, numa nova roupagem, dando um princípio cronológico do tempo histórico da nossa cidade”, afirmou Giseli Sampaio.

Ainda segundo a secretária de Cultura, a revitalização dos espaços físicos tem previsão de término até o dia 15 de dezembro, quando o Museu estará pronto para ser entregue à população de Campina Grande, reconfigurado e pronto para rememorar e engrandecer a história e a cultura do povo campinense. 

Além do Museu Histórico e Geográfico de Campina Grande, outros equipamentos como o Museu do Algodão, Teatro Municipal, além da Filarmônica Epitácio Pessoa (que recebeu novo fardamento), também receberam ações e melhorias por parte da Prefeitura de Campina Grande.

Nenhum comentário