LEI ALDIR BLANC: Romero comemora repasses pela Prefeitura de R$ 2,6 milhões a mais de 5 mil artistas e profissionais de cultura em Campina Grande

 


Secretaria de Cultura informa que já está concluindo pagamentos da ajuda emergencial, que variam de R$ 1 mil a R$ 30 mil

O prefeito Romero Rodrigues comemorou, na manhã desta terça-feira, 1, uma conquista importante: por intermediação da Prefeitura, mais de 5 mil artistas e profissionais do segmento de cultura em Campina Grande foram contemplados com a ajuda emergencial da Lei Aldi Blanc. 

- No total, foram assegurados R$ 2.621.729,76 para todos os segmentos que apresentaram projetos e propostas para o apoio intermediado pela Secretaria Municipal de Cultura - informa Romero Rodrigues, destacando que o processo de repasses já está sendo concluído com sucesso. 

Essa etapa foi iniciada no mês de novembro e está sendo realizada por meio de lotes, confirma a secretária Giseli Sampaio. Segundo ela, nessa reta final estão sendo contemplados mais 474 proponentes entre CPFs e CNPJs no Município. 

Transferências 

Desde o início do processo de pagamentos já foram efetivadas 300 transferências bancárias para as contas dos proponentes habilitados nos editais de premiação. Há caso de apenas um proponente representar um grupo de até 30 pessoas, como é o caso das quadrilhas juninas e grupos folclóricos. 

Nesta terça, 1, de acordo com o secretário executivo de Cultura, Erasmo Rafael, será quitada uma parte dos proponentes do Edital 05 Ações Formativas. Ele diz ainda que, até a próxima sexta-feira, 4, todos os proponentes dos editais terão seus pagamentos devidamente efetuados. 

Já aqueles proponentes que tiveram algum problema com a conta bancária, a Secult entrará em contato para que seja regularizada a situação e, até o próximo dia 15, serem efetuados os pagamentos. 

O prazo, estabelecido pela Lei Aldir Blanc é até o dia 31 de dezembro deste ano. Porém, em Campina Grande, todos os artistas proponentes serão pagos até este dia 15. 

Alerta 

Além disso, a Secult reforça alerta para que os artistas que ainda não assinaram os contratos se dirijam à sede da Secretaria, ao lado do Terminal de Integração. O atraso nesse processo pode acarretar numa maior demora no pagamento do auxílio. Quem ainda não assinou o documento deverá fazê-lo de terça à sexta-feira, das 8h ao meio-dia, no local.

Nenhum comentário