Delegado confirma que pai matou filha em Boqueirão; Arma utilizada no crime foi uma 12

 


O delegado de Polícia Civil Ilamilton Simplício confirmou que quem matou  Adanailza Araújo Vieira de 36 anos na noite desta terça-feira (29) em Boqueirão foi o pai dela, Naldo Vieira. O motivo foi mesmo uma disputa por um terreno. O que chama a atenção é que a arma utilizada foi uma espingarda calibre 12 e não uma espingarda artesanal, como foi informado inicialmente. Segundo o delegado, testemunhas ainda tentaram seguram no braço do homem para que ele não atirasse, mas estilhaços acabaram atingindo a vítima na cabeça. Adanailza ainda foi socorrida com vida, mas não resistiu e morreu.


blogdoPP

Nenhum comentário