Mulher é presa por envolvimento na morte do filho em Campina Grande

 

A mulher suspeita de envolvimento na morte do filho de 1 anos e dois meses foi presa em flagrante por equipes da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, no Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande. O bebê de um ano e dois meses deu entrada, já sem vida, no Hospital da Criança de Campina Grande, na noite da última segunda-feira (23/11/2020).

A avó do bebê disse que acredita que a filha, de 26 anos, foi a autora do homicídio. A informação foi confirmada pelo delegado André Rabello. 

Luciana dos Santos disse que a filha é irresponsável e que não cuidava dos filhos. Ainda segundo Luciana, Raline dos Santos, cuidava bem dos netos, mas após se envolver com o atual companheiro, não queria mais saber das crianças. 

“Com certeza foi ela. Minha filha é uma irresponsável”, disse Luciana. 

A avó também alegou que não teve participação no crime e desde que o caso ganhou repercussão, vem sofrendo ameaças. 

“Estou com medo de sair porque estão à minha procura. Estou sendo ameaçada. Se eu devesse, eu ficaria calada”, declarou.

A Polícia Civil segue investigando o caso. 



Fonte: Click PB

Nenhum comentário