Header Ads

Candidato a prefeito de Patos, Nabor Wanderley, deve pagar multa de R$ 30 mil por realizar showmício

 

A juíza eleitoral Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda aplicou multa de R$ 30 mil ao candidato a prefeito de Patos, Nabor Wanderley (Republicanos), e seu vice professor Jacob, pela realização de showmício.

De acordo com a denúncia, elaborada pelo partido Democracia Cristã, o evento ocorreu no dia 30 de outubro, com a denominação de ''Plenária Cultural'', e com a presença de artistas.

''Ora, o evento showmício ou assemelhados são vedados pela legislação eleitoral, sem  chance de subterfúgios para realização disfarçada com nomes diversos, bem como apresentação de artistas, remunerados ou não'', escreveu a juíza em trecho da decisão.

''Neste caso, no meu sentir, os promovidos se utilizaram do evento que eles denominam de 'plenária cultural' para, na verdade, realizarem um showmício com a presença de número considerado de pessoas (fotos e vídeos) em período de vedação de aglomeração de pessoas, o que tornam as infrações ainda mais graves'', continuou a juíza em outro trecho.

Os candidatos terão o prazo de 30 dias, após o trânsito em julgado da decisão, para pagar a multa.



ClickPB

Nenhum comentário