Header Ads

Nilvan participa de debate com o trade turístico e anuncia ativação do Fumtur, redução do ISS e linhas de crédito para setor

 


NILVAN Ferreira, candidato a prefeito de João Pessoa participou de um Ciclo de Debates com o trade turístico, na noite desta terça-feira (6), no Hotel Aram, em Tambaú. Ele apresentou as propostas do Plano de Gestão ‘Capital das Pessoas’ e reafirmou o compromisso com o setor, nesse momento pós-pandemia, da reduzir o Imposto Sobre Serviços (ISS), ativação do Fundo Municipal de Turismo e linha de crédito através do Banco da Retomada. Também assinou um termo que vai garantir ajudar os profissionais com geração de emprego e renda o setor turístico. 

Durante o debate, Nilvan apresentou as propostas que foram elaboradas pela equipe técnica de governo, com a coordenação do professor universitário e ex-secretário estadual, Francisco Sarmento. Entre os projetos, destacam: a criação da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico; implantação da acessibilidade nos pontos turísticos; retomada do Centro Histórico com a manutenção dos prédios, retomada da parceria com a empresa das tintas Coral, abertura de uma escola gastronômica, Fundação do Centro de Tecnologia, melhoria das iluminação e guarda municipal no local; viabilizar um projeto com medidas emergenciais na barreira do Cabo Branco; criar um aplicativo turístico; dar formação e capacitação para as pessoas que atuam no setor.    

A representante da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba (ABIH-PB), Lígia Tavares perguntou quais as propostas para ampliar as linhas aéreas e deixar a cidade mais atrativa. Nilvan falou que vai procurar o Governo do Estado para encontrar alternativas que desonerem os valores dos combustíveis das aeronaves que tragam turistas para a Capital. “Vou fazer um pleito junto a Secretaria Estadual da Receita para encontrar uma forma do governo desonerar a questão do combustível das linhas aéreas. Também vou buscar com os deputados estaduais e federais, e chamar o governador para dizer que precisamos tornar mais flexível os impostos de combustíveis porque o destino de João Pessoa é muito caro e as pessoas acabam indo para outros estados”, explicou. 

Já representante da Associação Paraibana de Promotores de Grande Eventos, Alessandro, perguntou ao candidato quais as propostas para a utilização da Estação das Artes. NILVAN disse que existe um projeto tecnológico para o desenvolvimento do turismo e implantação de empresas de startups instaladas em prédios do governo municipal. “Teremos uma grande incubadora de startups, a Estação das Artes servirá para isso. Vamos criar parcerias com empresas como Google, Facebook, entre outras empresas. Será um espaço também para a juventude pensar a tecnologia”, comentou e informou que a cidade terá um outro momento, nos setores do turismo e da indústria porque é pensar João Pessoa com projetos estratégicos para os próximos 20 anos. 

O guia de turismo, Luiz Carlos, perguntou quais são as linhas de crédito para o turismo. O candidato falou do Banco da Retomada que vai alavancar os serviços do pequeno e micro empresário. “Vamos ter uma equipe que vai andar pelos bairros e fará a prospecção das pessoas que precisam do empréstimo. Teremos dinheiro para o microcrédito com a capacitação dos empreendedores”, explicou.

Nenhum comentário