Header Ads

Ministros do STF vão contra Fux em ato do PCC, mas discordam de Marco Aurélio



Os ministros do Supremo Tribunal Federal ( STF ) estão divididos depois dos ataques públicos entres o presidente da corte, Luiz Fux , e o ministro Marco Aurélio , em relação ao caso do traficante André do Rap, líder do PCC , que está foragido após ter a ordem de soltura revogada por Fux.

Os ministros do STF discordam sobre o método de atuação de Luiz Fux ao suspender a liminar de Marco Aurélio, embora a maioria não seja a favor do traficante ter sido solto . Foi relembrado um evento no final do ano passado em que Marco Aurélio mandou soltar todos os que haviam sido presos em segunda instância.

“Posar de bom moço é bom, né? Mas eu não jogo para a turba. O ministro Fux não é censor de quem quer que seja, muito menos de colegas. Ele pode suspender liminar de outros órgãos, mas não do Supremo”, disse Marco Aurélio em entrevista à Folha de S.Paulo.

A revogação da soltura é a segunda decisão do presidente do STF que vai contra o projeto anticrime aprovado neste ano e proposto inicialmente pelo ex-ministro Sérgio Moro.

Nenhum comentário