Header Ads

Justiça suspende intervenção no diretório do PT de João Pessoa


 

O juiz eleitoral da 64ª Zona Eleitoral de João Pessoa, Fábio Leandro de Alencar Cunha (foto), concedeu o pedido de liminar do mandado de segurança impetrado por militantes petistas. O magistrado determinou a suspensão dos efeitos do ato da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, de intervenção e destituição do Diretório Municipal de João Pessoa, por considerá-lo “ilegal e abusivo”.

Ele determinou a imediata reativação de todos os poderes ao Diretório Municipal sob a presidência de Giucélia Figueiredo e de seus membros, que devem assumir imediatamente seus cargos, autorizando acesso aos sistemas da Justiça Eleitoral e controle administrativo e financeiro da legenda e podendo exercer todos os atos administrativos e judiciais inerentes à campanha da Coligação Unidos por João Pessoa PT/PCdoB até o término das eleições de 2020.

Nenhum comentário