Header Ads

ELEIÇÕES EM POCINHOS: Eliane lidera com 58,9%; Emmanoel tem 24,9% e Eriberto 2,3%



Se as eleições fossem hoje em Pocinhos, no cariri paraibano, Eliane Galdino (Avante), candidata da oposição, venceria com 58,9% dos votos. Emmanoel Pereira (PDT), candidato apoiado pelo prefeito Cláudio Chaves, é o segundo colocado com 24,9% da preferência do eleitorado e Eriberto Gondim (PODE) teria 2,3% da votação. Brancos, nulos e nenhum seriam 6,9% e indecisos ou não sabem atingem 7%.

É o que apontam os dados do cenário da pesquisa estimulada realizada no município pelo Instituto Opinião, em parceria com o Portal MaisPB. Fonte: Instituto Opinião Pesquisa espontânea De acordo com o levantamento, na pesquisa espontânea (quando os nomes dos candidatos não são citados pelos entrevistadores), Eliane Galdino também lidera a disputa com folga.

Ela aparece com 52,9% das intenções de voto, contra 20,6% de Emannoel Pereira e 1,7% de Eriberto Gondim. Brancos, nulos e nenhum somam 5,4% e nenhum alcançam 19,4%. Fonte: Instituto Opinião Rejeição A pesquisa revela que o candidato Eriberto Gondim apresenta a maior rejeição entre os concorrentes à Prefeitura de Pocinhos. Ele é rejeitado por 35,7% dos entrevistados. O segundo mais rejeitado é o candidato Emannoel Pereira, com 27,7% do eleitorado do município.

Eliane Galdino apresenta a menor rejeição entre os três. Entre os entrevistados, 15,7% não votariam nela de jeito nenhum. Do total, 6,6% dos eleitores dizem rejeitar todos os postulantes e 14,3% não têm objeção a nenhum dos nomes que disputam a eleição. Fonte: Instituto Opinião Gestão de Cláudio Chaves é reprovada por 62,6% da população.

O Instituto Opinião também avaliou, junto ao eleitorado do município, a avaliação da gestão municipal. A administração do prefeito reeleito Cláudio Chaves é reprovada por 62,6% dos entrevistados. Outros 29,4% dos munícipes aprovam o modelo de governança do atual prefeito da cidade, enquanto 8% não sabem ou não quiseram responder ao questionamento. Fonte: Instituto Opinião João Azevêdo aprovado por 59,4% em Pocinhos Já a forma como o governador João Azevêddo (Cidadania) vem administrando a Paraíba é aprovada por 59,4% dos moradores de Pocinhos.

No município, 25,4% dos eleitores desaprovam a gestão de João, outros 15,2% não sabem ou não quiseram responder. Fonte: Instituto Opinião Aprovação de Bolsonaro chega a 50%. A pesquisa do Instituto Opinião revelou que o modelo de governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebe aprovação de 50,6% da população. Bolsonaro é reprovado por 38,9% dos eleitores. Do universo pesquisado, 10,% não sabem ou não quiseram responder ao questionamento do Instituto Opinião.

Dados Técnicos – A pesquisa do Instituto Opinião foi registrada na Justiça Eleitoral sob o Protocolo 07253/2020 e ouviu 350 entrevistados em localidades da zona rural e urbana de Pocinhos. As entrevistas na zona urbana foram realizadas nos seguintes bairros: Bela Vista, Cacimba Nova, Centro, Cruzeiro, Distrito Nazaré, Ivo Benício, Jardim Etelvina, Nova Brasília, Ottoni Barreto, Santa Terezinha, Tiradentes e Vila Maia. Na zona rural, as entrevistas foram realizadas nas seguintes comunidades: Águas Pretas, Alagamar, Amaro, Arruda, Assentamento 1o de Maio, Atrás da Serra, Baixa Grande, Baraúna Ferrada, Barriguda, Bom Jesus, Boqueirão, Boqueirãozinho, Bravo, Cabeça do Boi, Cachoeirinha, Caiana, Caiçara, Catolé, Chucalheira, Conceição, Corta Dedo, Engenho Velho, Farinha, Gravatá, Gravatazinho, Incó, Juá, Julião, Jurubeba, Km 21, Lagoa da Cobra, Lagoa de Dentro, Lagoa do Frei Jorge, Lagoa do Jacu, Lagoa Salgada, Lagoinha do Arruda, Lajedo do Boi, Logradouro, Malhada Anjico, Malhada de Areia, Malhada do Rio, Malhada dos Cavalos, Malhadas dos Bois, Marespreto, Medonça, Messias, Olho d’Água, Peba, Pedra Comprida, Pedra Redonda, Portela, Raposa, Recanto, Riacho Fundo, São Bento, Serra da Matinha, Serra da Raposa, Serra do Jacu, Serrote da Cobra, Siriema, Sítio Cajueiro, Sítio Novo, Tambor, Tanques, Tanques Negros, Teotônio, Três Lagoas e Várzea da Lagoa. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. Instituto Opinião – Com 26 anos de experiência no mercado, o Instituto Opinião, sediado em Campina Grande, acumula atuação destacada na Paraíba e em estados do Nordeste. Dirigido pelo estatístico Joaquim Braga, é um dos mais respeitados e acreditados no segmento. Tem parceria com o Portal MaisPB desde as eleições de 2016.



MaisPB

Nenhum comentário