Header Ads

Bruno divulga medidas que pretende adotar nos cem primeiros dias do seu governo na área de Saúde

 


O candidato a prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), compartilhou no guia eleitoral da televisão, nesta terça-feira, 20, algumas medidas que serão adotadas nos cem primeiros dias do seu governo buscando diminuir o impacto causado pela pandemia do novo coronavírus na área de saúde.

De acordo com o candidato da Coligação Campina Rumo ao Futuro, serão implementadas medidas urgentes para as consultas e exames, como intensificar o atendimento por meio de mutirões de consultas para diminuir as filas. Com isso, os médicos especialistas vão atender a população de segunda a sexta-feira nas policlínicas e nos centros de saúde que já existem.

Em segundo lugar, a Central de Exames de Imagens de Laboratório será transformada em central 24 horas, ampliando ainda mais os atendimentos, além de serem firmados convênios com as clínicas privadas para atender à noite, quando elas não tem movimento.

“Com isso, será diminuída a fila de espera, pois quem precisa não quer saber da hora, pois quer o resultado do exame”, destacou Bruno.

Hospital Pedro I

Com relação ao Hospital Pedro I, que hoje é uma referência no Nordeste no enfrentamento do coronavírus, garantiu que ele vai ser transformado em hospital geral de portas abertas. Naquela unidade vão funcionar três serviços de muita importância para melhorar a assistência à saúde.

Haverá a implantação de uma emergência de saúde da mulher, inclusive com acolhida psicossocial. Também haverá um ambulatório exclusivo para os idosos. Uma terceira ação será aproveitar parte dos respiradores dos leitos de UTI liberados no pós-pandemia para criar uma UTI do Idoso, o que será de grande importância para o tratamento das pessoas desta faixa etária.


Nenhum comentário