Header Ads

Ex-presidiário Ricardo Coutinho vira réu sob acusação de ocultação ilícita no ‘Canal 40’

 



O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) virou réu na denúncia apresentada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), no âmbito da Operação Calvário, por acusação de fraudes no Canal 40, braço do PSB nas campanhas eleitorais do estado. A denúncia foi aceita pelo juiz Manoel Abrantes, da 1ª Vara Criminal de Mangabeira.

Além de Ricardo, são também foram acusados no processo Coriolano Coutinho, Valéria Vieira Coutinho, Paulo Cesar Dias Coelho, Livânia Maria da Silva Farias, Ivan Burity de Almeida e Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro.

O Ministério Público aponta que, na condição de chefe de uma Organização Criminosa, Ricardo Coutinho ocultou a proveniência ilícita dos recursos desviados, na medida em que se utilizou dos valores para aquisição, reforma e ambientação do imóvel em que funcionava o CANAL 40, uma das bases operacionais da mencionada ORCRIM, destaca publicação do Blog do Wallison Bezerra.

“Com efeito, nas operações de reforma e decoração do CANAL 40, em benefício de RICARDO VIEIRA COUTINHO, houve o emprego de diversos estratagemas para a dissimulação e ocultação: a) da origem ilícita dos recursos empregados, advindos de crimes antecedentes através de inúmeras empresas e organizações es sociais manietadas pela ORCRIM, consoante se extraí das inúmeras denúncias já formuladas e b) dos proprietários de fato e possuidores do imóvel funcionava o CANAL 40, bem como de suas benfeitorias e, por consequência, do destinatário do dinheiro sujo empregado nesses processos: o ex-governador RICARDO VIEIRA COUTINHO e sua família”, destaca a denúncia.




Paraibaradioblog



Nenhum comentário