Header Ads

Esquerda vota contra texto que dobra pena por corrupção na saúde na pandemia



Dos 51 membros da bancada mineira presentes em sessão na Câmara, nesta terça-feira (1º), apenas sete deputados - do PT e do PSOL - não votaram de forma favorável ao projeto que dobra as penas de quem cometer crimes de corrupção por desviar verbas destinadas ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O texto foi relatado pela deputada mineira Greyce Elias (Avante). Um dos entendimentos dos parlamentares de esquerda é de que mudanças no Código de Processo Penal podem desestruturar o texto e busca mais os holofotes da imprensa do que ser, de fato, efetivo para as pessoas. A proposição segue agora para apreciação no Senado.

Os parlamentares Luis Tibé (Avante) e Mário Heringer (PDT) não estavam presentes.

Veja quem votou contra:

- Áurea Carolina (PSOL)
- Leonardo Monteiro (PT)
- Odair Cunha (PT)
- Padre João (PT)
- Patrus Ananias (PT)
- Paulo Guedes (PT)
- Rogério Correia (PT)



otempo

Nenhum comentário