Header Ads

Tovar defende diagnóstico precoce e tratamento da esclerose múltipla



O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) defendeu nesse domingo (30), Dia Estadual de Conscientização sobre a esclerose múltipla, estabelecido pela Lei 10.843/2016 de sua autoria, que o Estado seja mais presente na vida dos portadores da doença quanto a um diagnóstico precoce e no tratamento adequado. Segundo o parlamentar, como a patologia é considerada rara no Brasil, o valor do tratamento é muito elevado.

“Precisamos que o poder público olhe para essas pessoas buscando alternativas para possibilitar uma melhor convivência com a doença. Temos a missão de atuar justamente no sentido de que possamos criar uma ponte e fazermos com que as pessoas mais humildes consigam chegar ao diagnóstico e ter acesso a tratamento e medicação que asseguram maior qualidade de vida”, destacou o deputado.

Tovar pediu ainda que a Assembleia Legislativa adote a cor laranja no prédio sede para lembrar o Dia Estadual de Conscientização sobre a esclerose múltipla.

O Centro de Referência de esclerose múltipla (Crem) na Paraíba atende 326 pacientes com a doença, mas fechar o diagnóstico e ter acesso ao tratamento não é tarefa fácil. No Brasil, estima-se que existam 40 mil casos da doença, uma prevalência média de 15 casos por 100 mil habitantes, conforme a ultima atualização da Federação Internacional de esclerose múltipla.

Esclerose múltipla

A doença é autoimune, não tem cura, mas os tratamentos podem ajudar a controlar os sintomas e reduzir a progressão da enfermidade. A esclerose compromete, entre outros aspectos, a capacidade de equilíbrio, a visão e pode levar à morte se não for tratada corretamente. É bastante desconhecida entre os brasileiros. Cerca de 80% da população não sabem o que é a doença.

Nenhum comentário