Header Ads

Projeto de Lei de João Dantas autoriza que a PMCG adquira chips com internet para que alunos de baixa renda possam acompanhar as aulas remotas


 O vereador João Dantas (PSD) protocolou protocolou o PL 160/2020 na Câmara Municipal de Campina Grande, que autoriza o Poder Executivo, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência e calamidade pública, a distribuir chip com internet móvel 3G/4G aos alunos de baixa renda da Rede Municipal de Ensino do município de Campina Grande.

 

Segundo o Projeto de Lei, o chip tem a finalidade de auxiliar na inclusão digital dos alunos, possibilitando acesso às aulas que estão ocorrendo remotamente, desde o início da declaração de emergência em saúde e calamidade pública. “O Poder Executivo Municipal poderá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em conjunto com a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, firmar contratos, estabelecer convênios, e parcerias para garantir os meios necessários ao atendimento dos alunos de baixa renda matriculados no ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino”. Explicou Dantas.

 

“O Ministério da Educação já firmou diversas parcerias com empresas de tecnologia para viabilização de aulas remotas em todo Brasil. Parcerias com empresas como o Google, permitiu acesso a plataformas de educação de alta performance. Em Campina Grande, a Prefeitura Municipal de Campina Grande já possui uma parceria com a TIM e com a NOKIA para instalação da tecnologia 5G. Essa parceria poderia ser expandida para auxiliar na educação e nas aulas remotas do nosso município”. Concluiu Dantas.

Nenhum comentário