Header Ads

Tovar diz que têm dialogado com 12 dos 23 vereadores e que seu nome tem crescido nas pesquisas

.


O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Campina Grande, Tovar Correia Lima (PSDB), diz que tem mantido o diálogo com 12 dos 23 vereadores da cidade, em busca de ter o apoio deles para ser o escolhido no grupo do prefeito Romero Rodrigues (PSD) nas eleições. Segundo Tovar, que disputa a vaga com Bruno Cunha Lima (PSD), é preciso chegar a um denominador comum, e Romero já anunciou que até 12 de agosto vai anunciar o nome do seu candidato.

O pré-candidato diz que tem dialogado, com uma certa frequência, com os vereadores Nelson Gomes Filho, João Dantas, Alexandre do Sindicato, Márcio Mello, Jóia Germano, Saulo Germano, Teles Albuquerque, Luciano Breno, Rodrigo Ramos, Renan Maracajá, Rui da Ceasa e Lucas Ribeiro. Com Lucas, Tovar revela que tem tido uma articulação junto à senadora Daniella Ribeiro, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro e o vice-prefeito Enivaldo Ribeiro, os três, respectivamente, do Progressistas.

“Sempre tenho feito com que as nossas ideias cheguem a um denominador comum, para ajudar a cidade de Campina Grande. Isso segue para que a cada dia a gente ganhe mais responsabilidade e possa cada vez mais se solidificar em uma candidatura sólida com os campinenses”, sublinhou Tovar.

Na semana passada, o Instituto Opinião, com o portal Mais PB, divulgou uma pesquisa de intenção de votos, com alguns nomes que já estão na pré-candidatura em Campina. Nas simulações, em dois cenários, Tovar aparece em 2º e 3º. Ele pontua que o seu nome cresceu nessa pesquisa, mas que ainda é cedo para cantar vitória. “Nós crescemos muito, em relação a última pesquisa. De todos os candidatos nós fomos o que mais cresceu na pesquisa. Eu fico muito grato, porque aí termina sendo um reconhecimento do nosso trabalho, nesses últimos tempos em Campina Grande. É a primeira de muitas que serão feitas, para que a gente possa tomar a melhor decisão possível”, disse Tovar, durante a entrevista ao programa RC Notícias, da Rádio Caturité FM, nesta segunda -feira(27).

Lima disse que o critério de escolha não deve ser apenas pelo critério das pesquisas, mas também pelo conhecimento técnico da cidade e a boa relação com as lideranças políticas. “Não apenas pesquisa, mas é preciso ter um conhecimento da cidade, uma característica técnica para gerir a cidade e que tenha um bom relacionamento político. A pesquisa que saiu semana passada ainda é um pouco prematura, e nós estamos ainda numa situação de pandemia, torcendo e trabalhando pela diminuição dos casos da Covid-19”, afirmou Tovar Correia Lima.


Seligapb

Nenhum comentário